terça-feira, 18 de setembro de 2012

Ponto alto


Eu estaria sufocado

Com preocupações patológicas

Entregando-me ao caos

Mas resolvi olhar para a vida

Reparei que ela é curta demais

E os dias não têm mais 24 horas

Eu estaria me explodindo

Entrando em choque e tremendo

Mas prefiro cantar e contemplar a beleza

Poetizar e respeitar meus limites

Afinal, nada está tão ruim como minha mente tem projetado

O desespero, agora, só me consumiria futuros dias de vida

É melhor melhor enxergar o mundo com outros olhos e fazer minha arte

Sentir que ela pode tranquilizar meu espírito

Transformar trevas em luz

Eis aqui uma glória de minha vida.

Nenhum comentário: